Uma ressalva

Apesar de considerar valiosas e úteis a maioria das publicações anteriores a agosto de 2015, as quais remontam nove anos de dedicação a este trabalho, a partir da mencionada data creio ter alcançado maior compaixão do Pai das luzes, o qual creio ter transformado minha forma de ver e pensar a vida e as pessoas, o que com certeza resulta numa considerável mudança na linha editorial deste blogue. Ressalto este divisor de águas para alcançar melhor compreensão dos leitores, especialmente dos que professam esta mesma fé, para que não tomem por mau testemunho ou exemplo as convicções que integram este processo de crescimento através dos anos, nos quais venho compartilhando aqui e em outros blogues, para principalmente acrescentar algo aos leitores, salvo quando por vezes desabafei nestes, o que faz parte do processo.

Do vosso ainda falho,
Igor

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s