Nosso amor

Nosso amor, enquanto seres humanos em um corpo de carne, está sujeito a falhas, na medida oposta ao quanto sujeitamos nosso corpo à racionalidade cordial, porém nosso amor não precisa estar contaminado, incorrigível e doente, pois através da cultura, especialmente da neotestamentária, podemos pautar nosso conceito de amor em parâmetros firmes, aperfeiçoando nossa prática, cada dia mais humana (e ao mesmo tempo, celeste), a exemplo de quem primeiro nos amou.

Anúncios

Meus bons amigos

Um amigo vai contigo, mesmo sem querer. Ouve o que você tem a dizer, respeita a sua sinceridade. Acredita em você, apoia o que quer fazer, e aposta no que é e pode ser, na sua liberdade. Procura mais te aceitar, do que por sua aceitação. Um amigo sabe pedir perdão, sabe dar razão; chama à atenção, abre o coração.

Formigas em um copo: edição para leitura

Você já viu como reagem as formigas, quando você bate o copo no qual elas estão? Já reparou como fogem do fundo do copo, se afastando do que tanto as interessa ali? Como correm por suas vidas, a maioria sem hesitar, não? Se você der um tempo a elas antes de encher ou lavar tal copo, são poucas que voltam, mas estas que voltam acabam se perdendo, sendo levadas porque não respeitaram uma força superior, crendo que tudo estaria calmo outra vez.

Então que nem você e nem eu nos apeguemos ao que conquistamos em certo lugar, ao que nos parecia atraente e confortável, porque quando o chão, abaixo dos nossos pés, tremer, quando sentirmos isto ou soubermos disto, será prudente que nos afastemos daquele local que foi avisado, e como as formigas do copo, ainda que tudo pareça calmo a seguir, se esperarmos no mesmo lugar pelo que pode vir, sem respeito a uma força superior à nossa, pode ser tarde de mais, especialmente quando se mora perto do mar, perto das águas que podem limpar o local onde costumávamos viver, entretanto, a vida sempre continua enquanto se está vivo, por isto, não subestime a força dos raios, dos ventos, do espaço e das águas, e nem dê maior crédito aos jornalistas do que aos sinais do ambiente feroz que baseia a sua existência, porque sociedades similares a esta crescem e minguam nos braços deste planeta há centenas de anos, mas o que mata mesmo as pessoas são os enganos.

Aprendi 5

Com os conceitos e empenho adequados, com o passar de alguns anos, você percebe que estamos todos, mas todos mesmo, exatamente no mesmo barco: podemos mudar de posições, de funções, de amigos e sonhos, mas o barco continua o mesmo. Ninguém gosta de se sentir inferior, e só quem se sente inferior precisa se sentir superior a alguém, mas ainda é o mesmo barco. Porém se tudo que você quer é ver todo mundo feliz, ainda que nem sempre faça por onde para isto, só resta começar por si e parar de dar ouvidos às comparações, competições e enganações das marés deste mundo: olhe para as estrelas, faça a sua parte sempre, e todos aportaremos em segurança nos braços de quem sempre nos amou.

Martírio

Para ser diferente, ame piedosamente a verdade, para fazer a diferença, fale a verdade e as verdades por compaixão. Tão logo os defensores desta sociedade te detestem e os teus amigos te ignorem por isto, tão logo compreenderá de qual lado está e o quanto progrediu neste caminho.

Aprendi 4

Intrigas e fofocas não me surpreendem, apenas entristecem, especialmente quando vêm de pessoas próximas. Não corro atrás, não tiro a limpo, não dou o troco, apenas espero, e já que a verdade sempre dá as caras, quando for a hora, quando a página virar, saberemos quem prejudicou e quem foi prejudicado, quem mentiu e quem foi difamado. E óbvio, não permito que nada me corroa, mas por causa de situações assim, que, pela compaixão, tenho aprendido o eterno propósito desta vida.

Pergunte você mesmo

 Davide Restivo

Davide Restivo

Para encontrar algumas respostas, o indivíduo precisa, entre diversas coisas, estar em sintonia com uma força motriz verdadeira, e o amor de quem se importa com o que afeta tanto a si, quanto aos outros, é uma destas forças (especialmente quando o desfrute da resposta é partilhado). Abdicaria de entender o que os letrados de quaisquer área entendem, para entender pelo menos o que está a um palmo do meu nariz, para entender o que faria toda a diferença na vida de cada um (até porque ser rei em terra de cego, implica ser solitário, sem poder falar de cores com ninguém). Procure as respostas, porque quem ama a verdade, ama aquele homem simples que disse sê-la.