Profissão amar 15

Os olhos de algumas pessoas parecem máquinas etiquetadoras, cobrindo o conteúdo dos outros com rótulos descoloridos pelo medo, aqueles, porém, que abraçam seu próprio ser e escolhas, a uma distância respeitosa, muitas vezes necessária, não se incomodam de ninguém.

Anúncios

Filosofei 13

Os principais enganos da mente são duvidar, idolatrar, ludibriar, ignorar e querer. Duvidar que uma pessoa pode ser de um jeito, idolatrar um jeito de ser meramente imaginado, ludibriar outrem quanto ao que se é, ignorar o que se é e o que se pode ser, e querer ser sempre o mesmo.

Quem sou eu 13

Não há motivo de remorso quando se sabe ter feito seu melhor por alguém. Não sei ser menos do que um irmão de quem se aproxima, o que não me exime de ter pontos fracos. Não preciso acusar, porque não sinto culpa, nem remorso. Não precisarei de outra pessoa para acalmar minha consciência, porque mesmo tendo meus limites e sendo falho, sei me cuidar por dentro.

Somente a verdade 4

Não existe harmonia sem um bom descanso, sem uma boa alimentação, sem ser justo consigo e com os outros, muito menos sem amor à verdade, porque a manutenção de mentiras, quer para si, quer para outrem, exige muito empenho e causa sofrimentos. Não existe harmonia sem coragem.

Problema nenhum

Este sempre fui eu, sempre percebi que problemas guardados alimentam problemas maiores, sempre fui de combater problemas frontalmente, e assistindo um vídeo sobre depressão, criei (caso ninguém tenha pensado nisto) o seguinte jargão que pode te ser útil: “livro de matemática é que guarda problemas”. Portanto, resolva os seus, e lembre também do provérbio chinês: “o que não tem solução, solucionado está”.

Discurso fictício de John Milton a alguns brasileiros no Facebook

Curta, mas não pense. Pense, mas não publique. Publique, mas não desagrade (ou perderá os amigos que não tem). Desagrade, mas não ofenda. Ofenda, mas não exclua. Exclua, mas não bloqueie. Bloqueie, mas não encerre sua conta.

john_milton_ironico1

37

Trinta e sete anjos te guiem para um lugar melhor, trinta e sete amigos comentem tuas alegrias, trinta e sete estranhos repensem seus conceitos pessoais, e mais: que trinta e sete consolos e diademas tu recebas por ter sido odiado por um, e ignorado por tantos. Obrigado por me mostrar com sua morte, uma triste verdade sobre as pessoas: que todo adulto é covarde, egoísta e medíocre até que prove o contrário.