Sobre nós e mais nada 171

Anelo pelos momentos nos quais meus próximos vêm como amigos, e não mais como senhores: menos dispostos a serem servidos, acompanhados, ouvidos e apoiados, e mais inclinados à união.

Sobre nós e mais nada 168

Se fiz questão do afeto, do companheirismo e da lealdade até de quem não sabe amar, foi porque considerei importante precisar e, quem sabe um dia, sentir saudades destas pessoas.

Sobre nós e mais nada 167

A proposição de um convívio saudável e de um relacionamento amigável somente pode parecer algo ruim para quem desconhece sua importância e valor inestimável.

Sobre nós e mais nada 166

Fazer pelo outro aquilo que você faria mesmo se ele não estivesse lá, não é fazer pelo outro, mas por si.