Surpreendentemente 9

As pessoas falam no que querem ser, mas não em quem querem ser e, no que querem fazer da vida, mas não no que querem viver.

Expressões faciais

Abaixo desta tempestade viva e misteriosa que carrego em meu crânio, desaguam, como torrente impetuosa, as expressões do meu rosto: perspicácia, benevolência ou desgosto, gritam silenciosamente o que emana do centro, do núcleo pulsante que é fonte plácida, a cada momento marcando o tempo que falta para o encontro com a eternidade, mantendo vida para a outra vida, livre continuidade.