Sobre nós e mais nada 146

Amar é não transformar um debate de ideias e compreensões em um confronto interpessoal.

Se discordarmos é sinal que estamos pensando livremente, se nos atacarmos por um argumento é sinal que não amamos a liberdade.

Anúncios

Aprendi 5

Com os conceitos e empenho adequados, com o passar de alguns anos, você percebe que estamos todos, mas todos mesmo, exatamente no mesmo barco: podemos mudar de posições, de funções, de amigos e sonhos, mas o barco continua o mesmo. Ninguém gosta de se sentir inferior, e só quem se sente inferior precisa se sentir superior a alguém, mas ainda é o mesmo barco. Porém se tudo que você quer é ver todo mundo feliz, ainda que nem sempre faça por onde para isto, só resta começar por si e parar de dar ouvidos às comparações, competições e enganações das marés deste mundo: olhe para as estrelas, faça a sua parte sempre, e todos aportaremos em segurança nos braços de quem sempre nos amou.

O fim das tempestades

Em chegando tempestade,
acalmam-se as ânsias,
os ânimos, as maldades.

Voltamos ao tamanho
e sentido originais.
Há medo, há espanto,
há sujeição, há paz.

O cheiro de chuva,
os ventos cortantes,
o tremer da terra:
uma estranha guerra.

Em passando tempestade,
quase tudo como antes;
exceto pelos corações:
mais firmes, mais gratos;
exceto pelas afeições:
mais justas, sinceras.

Profissão amar 10

A ideia de respeito desta geração é bastante superficial e egoísta: muito mais importante do que não xingar, respeitar o outro é não tentar enganá-lo, especialmente quando o engano for percebido. E quem não respeita, não consegue compreender, e muito menos amar alguém.

Sobre nós e mais nada 134

Viver e conviver até que é simples: haja bem, e quase tudo irá bem; haja mal, e quase tudo irá mal. E quando um ser humano para de tentar ser mais esperto do que o outro, quase tudo vai muito bem mesmo.

De cima para baixo 60

Faça valer as palavras do Cordeiro, primeiro examinando-as, depois conhecendo-as e então obedecendo-as, e estará sendo seu amigo.